Dicas para otimizar sua Loja Virtual

Tags:

Com tantas dicas na internet de como transformar sua loja virtual em uma potencial máquina de vendas, fica difícil diferenciar o trigo do joio, e devemos sempre tomar cuidado com os falsos profetas que criam uma confusão generalizada sobre este tema.

O uso de dados na tomada de decisões de um e-Commerce tem se mostrado cada vez mais importante. Por isso preparamos algumas dicas básicas e de suma importância para quem tem uma loja virtual.

É importante também entendermos os conceitos e como avaliar indicadores e tecnologias para tomar as decisões corretas, na qual explicaremos também abaixo:

1. Tenha um carregamento rápido da sua loja virtual

A velocidade do site deve ser analisada de duas formas: performance de carregamento e performance para o usuário.

Performance de carregamento: esta velocidade conta a partir do primeiro bite carregado do seu site e tem alta influência em SEO, o que afeta diretamente como a sua loja será indexado e relevado no Google.

Performance de usuário: Esta tem a ver com o engajamento e com a chance de ele (usuário) seguir navegando, e o quão rápido as páginas e as funções carregam.

Uma das ferramentas que você pode utilizar para conferir essas velocidades é o PageSpeed Insights do Google.

Tendo em vista que o empreendedor quer que o usuário coloque a maior quantidade de produtos no carrinho, não espere que o cliente tenha tanta paciência com sites lentos para fazer isso. Como comprador, você provavelmente também não teria.

2. Fique de olho na concorrência

Realizar uma lista de indicadores que conte com os dados da concorrência (a velocidade do site dos mesmos, saber em qual plataforma está hospedada, estratégias de mídias, etc…) combinado com os principais indicadores da sua própria empresa pode ser uma ferramenta muito útil para entender o mercado.

Existem diversas formas de monitorar a concorrência, desde a navegação diária em seus sites e redes sociais até a automação de processos de monitoria. No dia a dia, recomenda-se medir diariamente a velocidade de carregamento de todos os competidores.

3. Trabalhe com ferramentas de análise web

Ainda é grande (e impressionante!) a quantidade de empresários que não possuem Google Analytics em seus e-Commerces. Também é muito comum o empresário receber estes relatórios e não tornar rotineiro a sua visualização e estudo.

Com os dados que o Google fornece do site, é possível ter ideia do publico que compra os seus produtos, assim criando a possibilidade de gerar novas estratégias, principalmente de mídias, para conquistar mais clientes e se tornar mais assertivo com promoções e o próprio visual (banners, fotos, etc…) do seu site.

As dicas informadas não exigem investimento alto e muito menos grandes esforços para serem colocados em prática. Observar esses indicadores e tornar o processo de avaliação em algo recorrente na rotina da empresa pode aumentar rapidamente sua performance e é um ótimo começo para usar indicadores no seu negócio.

Ainda não sabe como por em prática as dicas informadas acima? Não perca mais tempo e contrate um consultor de e-Commerce e faça sua loja virtual deixar de ser um gasto para passar a trazer lucro!



Autor: Vinicius Tarouco
Redator e Analista SEO, tem como objetivo em seus artigos ajudar você a tornar sua loja virtual mais prática e eficiente! Jornalista aficionado por tecnologia, livros e jogos eletrônicos.

Deixe uma resposta