3 segredos para fugir da crise econômica

Renata Rodrigues
Da KasterWeb
A economia no país anda de mal a pior e basicamente existem três fatores que influenciam a queda no orçamento brasileiro. Vamos entender o porque isso está acontecendo e em seguida, como podemos resolver o problema em 3 passos muito simples! Acompanhe!!

foto: correianelesnews

1. RETORNO DE IMPOSTOS:  Pelo 5º ano, o Brasil é o último no ranking que mede o retorno oferecido em termos de serviços públicos de qualidade à população em relação ao que o contribuinte paga em impostos, isso, segundo um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (BPT).  O ranking leva em consideração a arrecadação de tributos do país em todas as suas esferas, como por exemplo, federal, estadual e municipal, em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) de 2013 e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da Organização das Nações Unidas (ONU), que mede a qualidade de vida e bem-estar da população. O Brasil ficou na 30ª posição do ranking, atrás de países como Uruguai (11º) e Argentina (19º) e Grécia (16º).
2. INFLAÇÃO: Com a alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o primeiro semestre registrou um aumento de 6,28%, a maior registrada desde o ano de 2003, quando ficou em 7,75%. E em um ano, a taxa acumulada de 8,8%, também, a maior desde 2003, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A prévia da inflação oficial ficou em 0,99% em junho, sendo a maior taxa para meses de junho desde 1996, quando ficou em 1,11%.

ALTA NOS ALIMENTOS ALTA NA HABITAÇÃO ALTA NA SAÚDE
Cebola: 40,29% Água e esgoto: 3,76% Higiene pessoal: 1,08%
Tomate: 13% Remédios: 0,76%
 Cenoura: 5,59%
Batata inglesa: 4,42%
Carnes: 1,63%
Leite longa vida: 1,24%
Lanche: 1,07%
Pão francês: 0,98%

 
3.  RETRAÇÃO DO PRODUTO INTERNO BRUTO (PIB):  Nos primeiros três meses do ano, o Produto Interno Bruto (PIB) encolheu cerca de 0,2%, e não foi só isso não, o nível de atividade da economia brasileira iniciou o segundo trimestre deste ano também em retração, segundo indicador divulgado pelo Banco Central, nesta sexta-feira (19). O chamado Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) registrou uma redução de 0,84% no mês de abril, primeiro mês do segundo trimestre. A variação, após ajuste sazonal, aconteceu sobre o mês de março. Foi o segundo mês seguido de queda do indicador que, em março, havia recuado 1,51% (valor revisado). Desde outubro do ano passado, ainda segundo o Banco Central, o IBC-Br não registrou recuo somente em fevereiro deste ano – quando subiu 0,70%.
#Você sabe o que é PIB e Índice de Atividade Econômica (IBC-Br)?
– PIB: O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, e serve para medir a evolução da economia.
– IBC-Br:  Índice de Atividade Econômica calculado pelo BC e que busca ser uma espécie de “prévia” do Produto Interno Bruto (PIB);

3 passos para sair da crise econômica!!

foto: gentilbraga

 

1. Onde investir?

A resposta é clara e objetiva: INTERNET! A internet é o segundo meio de comunicação mais utilizado pelos brasileiros, seguido da televisão, são cerca de 26% da população que estão conectados ao mundo online neste exato momento, segundo a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República. Essa informação pode te ajudar a dar um ‘salto’ no seu negócio através da internet, ao criar sites ou uma loja virtual, as pessoas passarão a conhecer o seu trabalho até comprar seus produtos.
A loja virtual é uma nova estratégia de vendas, para ter noção, em 2014 esse segmento faturou R$ 35,8 bilhões, aumento de 24% e, para este ano a expectativa é de R$ 43 bilhões, um crescimento de 20% nas vendas. No total, foram feitos 103 milhões de pedidos pela internet no ano passado, 17% a mais do que em 2013, segundo levantamento da E-bit, uma empresa de referência no fornecimento de informações sobre e-commerce nacional. Quanto número! E as oportunidades não faltam!
O comércio eletrônico tornou-se um caminho para quem deseja transformar uma idéia em um negócio próprio. A receita das empresas teve um crescimento de 24% em relação a 2013.
Internet:
Total 26% em todo o país;
Mato Grosso: 18% acessam todos os dias.
Horas gastas na internet: 03:08
Custo em média:R$ 70,00.

2. Como investir?

O melhor a se fazer é escolher uma empresa especializada em site e loja virtual e te surpreenda com todo tipo de serviço na internet. Caso você tenha algum site desativado, também possa te ajudar a recuperá-lo.  Como também, se não entende muito, a empresa possa te ajudar e orientar sobre cada detalhe. Além, do melhor atendimento no mercado online.

3. Tem lucro?

2014 o faturamento foi de R$ 35,8 bilhões;
2013: R$ 31,11 bilhões de faturamento;
2012: R$ 22,5 bilhões de faturamento;
2011:  R$ 18,7 bilhões de faturamento;
Fonte: Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e E-bit, empresa especializada em informações do e-commerce.
O crescimento é nítido a cada ano! E você, está esperando o que para investir na internet? Saiba mais!
 

Ainda tem dúvidas? Deseja criar um site ou loja virtual? Entre em contato clicando aqui!


Deixe uma resposta